VOLTAR

O que fazer, antes que as queimadas cheguem

Folha de S.Paulo (São Paulo - SP)
08 de dez de 1978

O empresário Renato Sá Motta, que explora madeira nas regiões do Rio Pequitinhonha, Rio Doce, Rio São Mateus e em Imperatriz (MA), defendeu a ideia de que se faça uma exploração racional da madeira na Amazônia, antes que ela seja queimada na tentativa de criar pastagens.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.