VOLTAR

NO PÁTEO DO COLÉGIO: Indígenas da cidade de São Paulo reivindicam demarcação de terras

Periferia em Movimento- http://periferiaemmovimento.wordpress.com
15 de abr de 2014

Preparados para a guerra, "xondaros" e "xondaras" guarani vão ocupar território branco nesta quinta-feira (17 de abril). P elo menos 150 indígenas guarani das Terras Indígenas Jaraguá e Tenondé Porã, ambas no município de São Paulo, estarão no largo do Pátio do Colégio para o lançamento da campanha Resistência Guarani. No mesmo lugar onde há 460 anos o padre jesuíta José de Anchieta fundou o colégio e a vila de São Paulo de Piratininga, com o objetivo de "catequizar" os nativos, os índios retomam para exibir dos brancos a demarcação de seus territórios.

Recentemente, uma reportagem do Periferia em Movimento mostrou que São Paulo tem a quarta maior população indígena do Brasil: há 13.000 índios morando na cidade, que fica atrás apenas de municípios do estado do Amazonas, sendo que pouco mais de mil deles vivem em cinco aldeias guarani no município com tamanho muito pequeno, onde não é possível plantar e muito menos caçar. Clique aqui para ler.

Atualmente, o processo de demarcação das terras está na mesa do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e depende da sua assinatura. Além de um abaixo-assinado reivindicando o andamento do processo, os guarani produziram um vídeo para a campanha.

http://periferiaemmovimento.wordpress.com/2014/04/15/no-pateo-do-colegi…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.