VOLTAR

Movimento messiânico preocupa antropólogos

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
21 de out de 1974

A pedido da Funai, antropólogos organizam pesquisas e grupos de estudos sobre a influência messiânica em comunidades indígenas do Alto Rio Negro e Alto Solimões.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.