VOLTAR

Ministra defende inclusão social e nova agenda ambiental em encontro no RS

MMA - http://www.mma.gov.br
25 de Jan de 2012

Os avanços alcançados na agenda ambiental brasileira desde a Rio+10 e as perspectivas para a Rio+20 foi apenas um dos temas abordados pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, na manhã desta quarta-feira (25/1) durante a cerimônia de abertura do II Encontro Brasileiro de Secretários de Meio Ambiente - Articulação Política pela Sustentabilidade, que acontece até sexta-feira (27/1), em Porto Alegre.

Para um público eclético que lotava os 560 lugares do auditório do Ministério Público Estadual, a ministra falou ainda sobre o Código Florestal e inclusão social. Aliás,o tema inclusão social permeou boa parte da fala da ministra que destacou entre os avanços de sua pasta a concessão do Bolsa Verde, programa federal lançado em 2011 e que pretende beneficiar famílias extrativistas da Amazônia Legal e que atualmente beneficia cerca de 73 mil famílias, com projeções de chegar a 300 ou 400 mil famílias beneficiadas.

Izabella Teixeira destacou também a importância do Relatório de Qualidade do Meio Ambiente (RQMA 2011) em elaboração pela Diretoria de Qualidade Ambiental do Ibama, cujo lançamento está previsto para este ano. Segundo ela, o documento que pretende apresentar à sociedade brasileira o panorama do estado da qualidade ambiental no Brasil, é de vital importância já que a previsão é que até 2015, 95% da população da América Latina viverão nas cidades.

De acordo com a ministra, o debate sobre o Código Florestal prossegue. "Não teremos fracasso na discussão sobre o código" afirmou, destacando que a sociedade converge para soluções que foram concluídas. A ministra foi dura ao comentar sobre o desmatamento: "é inaceitável, intolerável que as pessoas continuem desmatando sabendo que isto é proibido". Ela disse ainda que a agenda ambiental não está restrita apenas ao licenciamento e fiscalização, "é preciso crescer, incluir e proteger. Todo povo tem direito e obrigações, então temos de negociar e recolocar a agenda política na agenda ambiental, olhando à frente".

O evento é uma promoção da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados e integra a programação oficial do Fórum Social Temático (que se realiza nas cidades gaúchas de Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo de 24 e 29/01), processo que integra o Fórum Social Mundial e é uma etapa preparatória para a Cúpula dos Povos na Rio+20. Entre os temas do Encontro estão o licenciamento ambiental, política nacional de resíduos sólidos, recursos hídricos e segurança alimentar.

http://www.mma.gov.br/sitio/index.php?ido=ascom.noticiaMMA&codigo=7151

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.