VOLTAR

Juruna assume em triunfo a presidência do Tribunal

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
30 de nov de 1980

A chegada do cacique Mário Juruna para ocupar a cadeira de presidência de honra do Tribunal Russel foi longamente aplaudida pelos membros da corte e assistentes presentes no Tribunal. O cacique agradeceu, em seu idioma e em português, advertindo que a decisão do Judiciário aponta para o fato de que a Funai não pode mais tratar os índios como minoria.
Juruna denunciou os maus-tratos vividos por índios no Brasil, dando destaque às violências cometidas pelos fazendeiros no país.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.