VOLTAR

Índios viram 'peões de obra' nas favelas

Folha de São Paulo
Autor: Daniel Castro
07 de ago de 1994

"No mato a gente tem mais liberdade"

Os índios Pankararu, de Pernambuco, formam a mais nova comunidade de migrantes de São Paulo. Viajaram cerca de 2200 km, expulsos de suas aldeias por invasores de terras. Hoje já são cerca de 1500, habitando as favelas Real Park e Paraisópolis, no Morumbi, e trabalhando na cidade com construção civil. Segundo a Funai, os Pankararu são os primeiros indígenas a migrar em massa para São Paulo, mas dariam tudo para voltar para suas terras em Pernambuco.
--

Terra em PE está ocupada

Os Pankararu são oficialmente donos de uma reserva em Pernambuco com 8100 hectares. Mas cerca de dois terços de suas terras estão ocupadas por 400 famílias de trabalhadores rurais.
--

Pancararus criam S.O.S. Índio Favelado

Os pancararus formam uma rede de solidariedade nas favelas de São Paulo. Há três anos, eles criaram o S.O.S Índio Favelado , entidade mais de auxílio para busca de emprego e preservação de costumes indígenas, do que de reivindicação.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.