VOLTAR

Índios do Canadá não aceitam Constituição

Correio Braziliense (Brasília - DF)
30 de nov de 1980

O projeto de Constituição do Canadá recebeu críticas severas por representantes de índios canadenses que participaram do Tribunal Russel. A nova Constituição preocupa esses índios porque não faz referência ao direito de propriedade e à autodeterminação dos indígenas.
O Tribunal Federal de Recursos decidiu que as terras da antiga colônia Teresa Cristina pertencem aos índios Bororo que as habitam.

Mário Juruna chegou à Holanda após vencer uma disputa judicial, contra a decisão da Funai, para obter seu passaporte. Juruna será o presidente do júri composto por quinze membros, que apresentará o veredito sobre os casos apresentados no Tribunal Russel.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.