VOLTAR

Índio vai à escola e ensinará a tribo

O Estado de São Paulo
12 de set de 1971

O índio Terena, Roró, ou Rubens Mamede, como foi batizado, estuda no Colégio Técnico Agrícola Estadual de Votuporanga e diz que, ao se formar, retornará à sua comunidade para ensinar as modernas técnicas de plantio e, assim, introduzir várias culturas. Roró saiu de sua comunidade na Ilha do Bananal, aos 18 anos, e foi para a missão de Dourados (MS), uma reserva indígena onde convivem várias etnias, dedicando-se principalmente à agricultura. Lá ele foi informado que em Votuporanga estava sendo instalada uma escola, grátis e com boa alimentação, onde se aprendia a cuidar da terra, a plantar de tudo, além de cursar o secundário. Dessa forma, Roró viajou a Votuporanga para cursar o colégio, e, para depois voltar a sua comunidade a fim de instruir seus parentes com os conhecimentos apreendidos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.