VOLTAR

Índio não é mais aquele: apito só não resolve seu problema

Diário de Minas (Belo Horizonte - MG)
24 de fev de 1986

Dezessete anos após a realização do contato com os índios Cinta larga, localizados em Rondônia, a presidência da Funai foi assumida pelo sertanista Apoena Meireles. A prioridade levantada por Apoena diz respeito à demarcação de terras indígenas e à descentralização do órgão indigenista. A reportagem comenta a trajetória de Apoena Meireles, destacando os principais pontos que o fizeram ser reconhecido, bem como a luta indígena por seus direitos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.