VOLTAR

Guarapiranga amplia filtros e Alto Tietê usa rio

OESP, Metrópole, p. A10
27 de jan de 2015

Guarapiranga amplia filtros e Alto Tietê usa rio

Questionado ontem se São Paulo tem um plano emergencial, caso o período sem chuva continue, o governador Geraldo Alckmin disse estar "trabalhando ininterruptamente".
E destacou medidas, incluindo o uso de "membranas ultrafiltrantes", para aumentar a capacidade de tratamento de água do Sistema Guarapiranga.
"O Guarapiranga chegou a 15 m3/s. O problema é que a estação de tratamento de água não tem capacidade para mais do que isso. Então, nós estamos trazendo contêineres, membranas ultrafiltrantes, para poder ampliar a capacidade de tratamento", afirmou.
O governador disse, ainda, que o Alto Tietê passará a receber mais 0,5 m3/s, a partir desta terça, do Rio Guaratuba. O sistema é o que mais sofreu com a seca, depois do Cantareira.
Billings. Ainda para socorrer os mananciais, Alckmin voltou a dizer que vai apostar na Represa Billings, como reforço ao Alto Tietê e ao Guarapiranga, que, por sua vez, supriria o Cantareira. Confrontado com o fato da poluição na Billings, o governador não se mostrou preocupado. "Hoje, os sistemas de tratamento são muito eficazes.
A água da Billings é utilizada há 6o anos através do Rio Grande -e desde a década de 1990 através do Guarapiranga. O que não falta é tecnologia. E a Sabesp tem a tecnologia."

OESP, 27/01/2015, Metrópole, p. A10

http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,edital-de-transposicao-d…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.