VOLTAR

Frade quer morrer entre os índios

Jornal do Brasil
13 de mar de 1977

Aos 95 anos, o Frei Plácido Tuelle, o mais velho missionário do Pará, que fundou a Missão dos índios Munduruku e que com eles passou a morar, declarou que pretende morrer entre seus amigos índios. Sempre acreditou na necessidade de "falar a língua dos indígenas, participar da vida deles, respeitar a culltura, valores sociais, religiosos, a tradição e impedir que sejam perseguidos em nome de uma falsa civilização".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.