VOLTAR

Desmatamento ainda ameaça Amazônia

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
18 de jul de 1991

O desmatamento diminuiu na Amazônia porque a crise econômica inibe investimentos em grandes fazendas, e não por causa de maior fiscalização do governo, ressalta a matéria. Assim que a crise passar, será retomado o ritmo anterior. E, com menos florestas, é provável que o regime de chuvas se altere, afetando boa parte do continente sul-americano.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.