VOLTAR

Coroado quer terra para plantar feijão

Zero Hora (Porto Alegre-RS)
19 de out de 1971

Em tom de crítica, a reportagem foca em Aristides, líder da reserva de Iraí, relatando seu estabelecimento na reserva, depois de ter saído de Nonoai, e questionando suas prioridades como chefe, como a venda de artesanato nas cidades. Os Kaingang de Iraí são descritos como uma população miserável e com uma cultura em vias de extinção.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.