VOLTAR

Confúcio inaugura escola indígena em Ji-Paraná

Correio Popular - http://www.correiopopular.net
08 de ago de 2013

Às 15h desta quinta-feira (8), o governador Confúcio Moura inaugura uma das cinco escolas indígenas que estão sendo edificadas nas aldeias da região de Ji-Paraná, a da aldeia Paj Gap, da etnia Arara. "Nunca, na história de Ji-Paraná, um governo investiu tanto em educação e obras de infraestrutura", avalia o secretário regional de governo Romildo Pereira. Investimentos da ordem de R$ 940 mil garantirão escola aos povos Arara e Gavião.

A escola é composta por duas salas de aula, banheiros adaptados a acessibilidade, cozinha e pátio coberto. "Estamos felizes agora com escola", disse o cacique Pedro Arara, referindo à presença do governador na inauguração da escola novinha em folha.
O Governo da Cooperação está fazendo muito mais que escola indígena na região de Ji-Paraná. "Nestes dois anos e meio de mandato, as ações do governador Confúcio Moura já extrapolaram em muito as gestões anteriores", entende o secretário Romildo, ao detalhar algumas das ações na área da educação em Ji-Paraná e região.
Além das construções das cinco escolas, o governo do estado deve inaugurar, ainda este ano, uma escola no 'Padrão MEC'. O governo também garantiu o transporte escolar, por meio de convênio, mantém as estradas rurais em excelentes condições de tráfego facilitando o acesso do estudante do campo ao colégio, além de fazer as instalações elétricas dos colégios, favorecendo a instalação de ar refrigerado nas salas de aulas.
Infraestrutura
São 50 km de vias urbanas que estão recebendo asfalto usinado quente, mais conhecido como CBUQ e preparado em usina do Governo da Cooperação instalada em Ji-Paraná.
O Igarapé Pintado é outra obra estruturante que o governo de Rondônia realiza na cidade. São 1,8 km de extensão do leito do córrego que já está recebendo drenagem, canalização e urbanização dentro do programa governamental "Canais da Cidadania".

OBRAS - As próximas obras programadas pelo governo em Ji-Paraná será a pavimentação do anel viário - numa extensão de 13,5 km - e a reconstrução e ampliação da pista do aeroporto José Coleto, além da edificação do novo e moderno terminal de passageiros.

HABITAÇÃO - No campo social, o Governo da Cooperação entrega, este semestre, 593 casas populares do programa Morada Nova e projeta a construção de outras 1,5 mil unidades a partir de 2014 em parceria com a União e prefeitura.
O governo também é o responsável pela aquisição do terreno que abrigará a sede de um batalhão do Exercito Brasileiro e, ainda este ano, o Confúcio Moura deverá inaugurar o Centro de Atendimento Sócio Educativo [Case].

TRÂNSITO - O governo de Rondônia também investe no trânsito. Um convênio de repasse da ordem de R$ 2,1 mil foi assinado em favor da prefeitura para fins de sinalizar a cidade. Ainda em Ji-Paraná, o Governo da Cooperação participa e incentiva o turismo de negócios. "O jiparanaense nunca viu tanta obra do Governo do Estado em tão pouco tempo numa única gestão", avalia o estudante Anderson de Medeiros. Com informações da Assessoria.

Confúcio busca apoio de ministro na produção de pescado

(Da Redação) A comercialização da produção de pescado no estado de Rondônia para outros estados da federação, por meio de programas federais, foi uma das pautas da audiência entre o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, e o governador Confúcio Moura, ocorrido na última terça-feira (6), em Brasília.
O ministro disse ter ficado maravilhado com a pujança e a riqueza do pescado em Rondônia, para ele, a produção no Estado cresceu de uma maneira vertiginosa que agora o governador busca uma alternativa para escoar essa produção. "Isso é ouro", disse o Crivella ao referir-se à grande produção de pescado de Rondônia.
"Aqui tratamos também de planos para reativar o terminal pesqueiro em parceria com o Ministério da Pesca na intenção de colocarmos no em Rondônia os recursos que visam industrializar de forma ágil esse pescado", ressaltou o ministro.
O governador Confúcio Moura disse que Rondônia precisa abrir mercados e a audiência com o ministro foi nesse sentido. Confúcio Moura falou que pretende primeiro, abastecer o mercado interno brasileiro, e o chamamento convite de empresários industriais de frigoríficos de processamentos de cortes finos de tambaqui, pirarucu e de outros peixes exóticos da Amazônia.
"O ministro é um parceiro de primeira hora, e quer incentivar Rondônia a produzir mais peixe", disse o governador, afirmando que no Plano Safra do Peixe, Rondônia é o quinto maior tomador de empréstimos dos bancos oficiais e do programa do governo federal. Acompanhou o governador na audiência, a superintendente de Integração do Estado de Rondônia em Brasília, Elizete Lionel. Com informações da Assessoria.

AGENDA - Cumprindo sempre sua agenda nos municípios rondonienses, nesta quinta-feira (08), o governador Confúcio Moura estará no Distrito de Nova Colina prestigiando a solenidade de inauguração da Escola Indígena Estadual Paj-Gap. Com informações da Assessoria.

http://www.correiopopular.net/LKN/headlin.php?n_id=23800&titulo=Conf%C3…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.