VOLTAR

Collor: decisão polêmica

Jornal da Tarde (São Paulo - SP)
10 de ago de 1992

A demarcação de áreas indígenas e de parques nacionais, reservas extrativistas e estações ecológicas passa a estar condicionada à aprovação do Estado Maior das Forças Armadas, do Departamento Nacional de Produção Mineral, da Eletrobrás e da Embrapa. O aviso foi sugerido ao presidente Collor pelo Tribunal de Contas da União, tendo sido apontado como inconstitucional por ambientalistas e indigenistas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.