VOLTAR

Carta de solidariedade das mulheres Xerente ao cacique Babau Tupinambá

Cimi- http://www.cimi.org.br
28 de abr de 2014

Carta de solidariedade ao nosso amigo Cacique Babau Tupinambá

Nós, mulheres Xerente das aldeias: Traíra, Vão Grande, Bela Vista, Mata do Coco, Bruprê, São José, Salto, Aldeia Nova, Cachoeira e Mirassol, estivemos reunidas nos dias 26 e 27 de abril, na aldeia Karêhu, no município de Tocantínia (TO). Estamos tristes com a prisão do cacique Babau Tupinambá, e exigimos que a Justiça brasileira liberte imediatamente o nosso amigo, pois quando defendemos a nossa mãe terra, somos acusados injustamente.

Babau, ficamos sabendo da notícia que percorreu o Brasil e a nossa terra está triste com a sua prisão, os rios estão chorando. Declaramos às autoridades brasileiras que os territórios indígenas estão sendo ameaçados todos os dias, com inúmeras invasões, e nós mulheres Xerente vamos defender com nosso sangue.

Parem de criminalizar nossas lideranças, estamos defendendo a nossa vida.

Libertem Babau Tupinambá, somos povos livres e queremos viver em paz!

Esperamos que as autoridades enxerguem a injustiça que estão fazendo com Babau, e liberte rápido o nosso amigo de luta, que defendeu os direitos dos nossos povos.

Atenciosamente,

Mulheres Xerente

http://www.cimi.org.br/site/pt-br/?system=news&conteudo_id=7476&action=…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.