VOLTAR

Câmara vota Estatuto para proteger o índio

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
04 de abr de 1973

A Câmara dos Deputados deverá votar o projeto de lei que institui o Estatuto do Índio, cujo propósito é preservar as culturas dos povos indígenas. A notícia traz maiores informações sobre as mudanças realizadas no projeto original. Além disso, a notícia afirma que o assessor do Serviço de Demarcação de Fronteiras do Ministério das Relações Exteriores, Álvaro Teixeira Soares, defendeu ontem, em uma conferência, o maior controle do governo sobre os imigrantes brancos para evitar conflitos com os povos indígenas, principalmente da região amazônica. Teixeira Soares também criticou a tese de genocídio dos povos ameríndios, sustentando que isso é "sensacionalismo" para prejudicar a imagem do Brasil no exterior. Por fim, a Funai anunciou que a Coordenação Nacional do Índio para a Amazônia será transferida para Manaus, com o objetivo de facilitar o trabalho dos sertanistas e das frentes de atração de indígenas ao longo das rodovias Transamazônica, Perimetral Norte e Cuiabá-Santarém.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.