VOLTAR

Ainda a "reforma agrária" nas terras dos índios

Correio do Povo
Autor: Moysés Westphalen
20 de set de 1963

O Governo do Rio Grande do Sul, em 1962, promoveu a tomada de parte das terras indígenas e a sua respectiva colonização, vendendo os lotes coloniais de acordo com o programa do IGRA. Esta medida fere o disposto no Regulamento de Terras do Estado do Rio Grande do Sul, que garantiria aos índios o direito a suas terras. As consequências destas medidas serão sentidas em breve, em forma de miséria extrema a que os silvícolas serão submetidos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.