VOLTAR

Acre quer incentivar o plantio de floresta nativa

OESP, Vida, p. A21
11 de abr de 2010

Acre quer incentivar o plantio de floresta nativa

Afra Balazina e Andrea Vialli

O Acre planeja estimular a atividade de reflorestamento de espécies nativas da Floresta Amazônica. O fundo florestal do Estado prevê recursos da ordem de R$ 1,5 milhão para incentivar comunidades extrativistas e empresas beneficiadoras de madeira a realizar o plantio de mudas.
O Acre tem investido em políticas públicas para conciliar a produção de madeira com a preservação da floresta, por meio da certificação FSC, o selo de procedência ambiental mais conhecido no mercado.
Estão previstos dois viveiros no Estado, com capacidade para produzir 4 milhões de mudas de árvores nativas por ano.
"A ideia é atrair empresas que queiram investir na atividade de reflorestamento e planejar a conservação da floresta no longo prazo", afirma Marilda Rios, chefe de Políticas Públicas Florestais do Acre.
O plano prevê licitações para o plantio das mudas em áreas próximas às rodovias BR-317 (que liga o Acre ao Pacífico) e BR-364, que faz a ligação com Rondônia. "As imediações das rodovias são as mais vulneráveis ao desmatamento ilegal", diz.

OESP, 11/04/2010, Vida, p. A21

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.