VOLTAR

Xingu

O Estado de São Paulo (São Paulo-SP)
20 de jan de 1979

O índio Maraue, Kaiabi, chefe do posto indígena do Xingu, contestou uma entrevista publicada por uma revista paulista, que o acusava de ganhar 15.000 cruzeiros como chefe do posto, enquanto outros indígenas estariam vivendo em condições precárias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.