VOLTAR

Villas repete previsão sobre o fim do índio

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
03 de dez de 1975

O sertanista Orlando Villas Boas reitera seu pessimismo com relação ao futuro do índio no Brasil. Contrário ao processo de integração que vem sendo levado a cabo, Villas boas é favorável à uma alteração do Estatuto do Índio. Integrantes do Cimi criticam o pessimismo de Villas Boas.
O general Ismarth de Araújo, presidente da Funai, acredita que poderá haver conflito entre os Guajajara de Bacurizinho e os fazendeiro Yukio Akashi, que vem ampliando os limites de sua propriedade até a área indígena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.