VOLTAR

Unidades móveis da Saúde Indígena chegam a comunidade do Lago Grande

BV News - http://www.bvnews.com.br/cotidiano5516.htm
01 de fev de 2010

A equipe do Programa Saúde Indígena da Prefeitura de Boa Vista visitam nesta terça-feira (2) os moradores da comunidade indígena Lago Grande. As unidades oferecem atendimentos médicos e odontológicos.

As unidades ficaram na comunidade até a quarta-feira (3). O atendimento aos indígenas é feito durante todo o dia e realizado por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, cirurgião dentista, técnicos em enfermagem e laboratório e auxiliar de consultório dentário.

Na quinta-feira (4) a comunidade a ser beneficiada com o atendimento médico é a comunidade do Milho e finaliza o cronograma da semana com a localidade 3 Irmãos na sexta-feira (5).

Durante o mês de fevereiro, as unidades ainda visitam as comunidades do Morcego, Serra do Truarú, Serra da Moça, Truarú da Cabeceira, Bom Jesus e retornam no final do mês para Lago Grande, Milho e 3 Irmãos.

A unidade móvel é equipada com consultório ginecológico e odontológico e a equipe realiza também serviços de enfermagem, ginecologia, odontologia, endoscopia, exames de patologia, ultra-sonografia, consulta oftalmológica, além de palestras educativas e preventivas.

Quando necessário, o programa encaminha os pacientes para o tratamento especializado no Centro de Referências Médicas, que funciona no bairro Mecejana. A Prefeitura também oferece a realização de exames específicos em unidades clínicas conveniadas ao Município.

O programa Saúde Indígena tem a proposta de oferecer atendimento básico de saúde a essa população que habitua fora do perímetro urbano. Além das quatro localidades que serão atendidas essa semana, a Prefeitura de Boa Vista atende durante o mês mais oito comunidades indígenas que pertencem à cidade.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.