VOLTAR

Um novo conflito

O Liberal (Belém - PA)
Autor: Lucio Flavio Pinto
11 de mai de 1985

Para resolver o impasse entre os Kayapó e os garimpeiros do "Maria Bonita", que ameaçava implodir Redenção, o governo decidiu autorizar o início da demarcação da reserva indígena, sem o que a comunidade Gorotire não permitiria o retorno dos garimpeiros. Mas a minuta do decreto só poderia ser concluída se fosse resolvida a pendência anterior, em que o Estado do Pará, por meio do Iterpa, e a Funai, estavam disputando 385 mil hectares na parte sul da reserva. Essa área é reivindicada pelos Kayapó por serem terras sagradas, mas estão sendo loteadas pelo Iterpa através do "Projeto Integrado Trairão".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.