VOLTAR

UFPA assessora caso dos índios Tembé

O Liberal
21 de ago de 1992

Os índios Tembé, da reserva do Alto Rio Guamá, que foram a Brasília tentar por todos os meios fazer com que o presidente Collor homologue suas terras, que há muito tempo são invadidas por fazendeiros e posseiros, se reuniram em Belém, antes da viagem, com o reitor da UFPA, Nilson Pinto de Oliveira, para pedir que a universidade se junte ao CIMI, à Unespa e à Funai para que se forme um bloco de sustentação política em Brasília. Deste modo, os índios teriam mais chance de obter uma soluçaõ satidfatória na luta que vêm empreendendo na Justiça Federal desde 1979, em defesa do território da reserva. A UFPA dará apoio aos índios através de sua representação em Brasília.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.