VOLTAR

UCs recebem o Projeto Brasil Biomas

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
Autor: Comunicação
02 de mar de 2020

Iniciativa capitaneada pelo apresentador e biólogo Richard Rasmussen vai mostrar a biodiversidade brasileira em 46 UCs federais

Em abril/2020, 46 unidades de conservação federais, que estão sob a responsabilidade do Instituto Chico Mendes de Conservação de Biodiversidade (ICMBio) farão parte do Projeto Brasil Biomas, uma série de programas que será veiculada na TV Cultura e nas suas mídias sociais e mostrarão a riqueza da biodiversidade de todos os biomas brasileiros: Pampas, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Amazônia e bioma Marinho-Costeiro.

Os programas serão apresentados pelo biólogo Richard Rasmussen e cada episódio terá a duração de trinta minutos. Além de mostrar as paisagens, belezas e atrativos de unidades de conservação como uma radiografia dos projetos de conservação, o Brasil Biomas mostrará a interação das pessoas com o bioma, especialmente as comunidades tradicionais que vivem dentro ou ao redor de unidades de conservação.

A equipe de Rasmussen também levará ações de cunho social para essas comunidades, como serviços médicos e odontológicos, e uma carreta de castração de animais domésticos, pois estes podem afetar a conservação dos ambientes naturais à medida em que se propagam, tornando-se espécies exóticas e invasoras. Também estão previstas palestras e peças de teatro de conscientização ambiental.

Segundo Rasmussen, a ideia é tirar o telespectador da telinha e estimular o turismo nas unidades visitadas, de modo que elas se divirtam nos parques nacionais e ajam como defensoras de sua manutenção e proteção.

http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/10934-unidade…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.