VOLTAR

Tupiniquins exigem saída de posseiros da reserva

A Gazeta (Vitória - ES)
Autor: ANCHIETA, José
26 de fev de 1989

Indígenas Tupiniquim da reserva de Comboios exigem por parte da Funai a retirada, através de indenização, dos posseiros que invadiram suas terras há anos. Os indígenas afirmam que a ocupação desses posseiros está ameaçando o equilíbrio ecológico da região, praticamente toda coberta por restinga. Na maior parte da área já predomina vegetação de sapê, o que significa total degradação do solo. Além disso, as práticas dos posseiros têm poluído o mangue e o rio Comboios. Há também casos de violência por parte de posseiros, principalmente de Zedeir Griffo de Moraes, o mais rico da região.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.