VOLTAR

Tuma critica a 'xenofobia' dos deputados da CPI da Amazônia

Hoje em Dia (Belo Horizonte - MG)
02 de out de 1991

O secretário da Polícia Federal, delegado Romeu Tuma, definiu sua posição diante da CPI da Internacionalização da Amazônia. Tuma afirmou que não existem evidências de que as missões religiõsas pratiquem ações ilícitas e que, atualmente, o perigo enfrentando pela Amazônia é o de criminalização, por conta da ação de traficantes.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.