VOLTAR

Troca-se: Amazônia quase nova por duplicatas da dívida externa

Última Hora, p. 9-10 (Rio de Janeiro - RJ)
10 de dez de 1978

A reportagem traz informações sobre o projeto do IBDF, que pretende criar áreas na floresta amazônica onde empresas estrangeiras poderiam se instalar e derrubar árvores com a condição de que parte dos lucros da venda das madeiras, fosse revertido para auxiliar o pagamento da dívida externa brasileira.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.