VOLTAR

Trilhas com veículos são proibidas na Serra da Calçada

Associação Mineira de Defesa do Meio Ambiente - http://www.amda.org.br/
16 de abr de 2015

Esporte provoca uma série de processos erosivos nos caminhos abertos, gerando desequilíbrio ambiental

A prática do esporte off-road, trilhas com veículos automotores, está proibida no Monumento Natural da Serra da Calçada, situada na região metropolitana de Belo Horizonte. Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), as prefeituras municipais de Brumadinho e Nova Lima, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) e a Polícia Militar de Meio Ambiente fizeram uma parceria para alertar, principalmente motociclistas e jipeiros, sobre a nova legislação.

Em 60 dias, a prefeitura de Nova Lima colocará placas de advertência no local e, ainda este mês, começarão as fiscalizações sistemáticas da Polícia Ambiental com o intuito de coibir a prática na Serra da Calçada, reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como reserva da biosfera.

De acordo com o MPMG, a prática do off-road provoca uma série de processos erosivos nos caminhos abertos, gerando desequilíbrio ambiental, colocando em risco a rara vegetação e mutilando a paisagem. Além disso, as ruínas do Forte de Brumadinho, a Calçada dos Escravos e os Muros de Pedras, que compõem o Monumento Natural Serra da Calçada, correm o risco de serem destruídos. Os sítios históricos e arqueológicos existentes na área são considerados patrimônio nacional e protegidos por lei federal.

Francisco Mourão, biólogo da Amda, destaca entre os potencias danos ambientais causados pelo esporte a destruição da flora típica de campos de altitude, que na Serra da Moeda possuem elevado nível de endemismos - espécies que ocorrem em áreas restritas - e que são, portanto, muito vulneráveis, podendo se extinguir por atividades com elevado potencial destrutivo.

A Amda parabeniza o MPMG, as prefeituras de Brumadinho e Nova Lima, o Iepha e a Polícia de Meio Ambiente pela mobilização e reitera a importância da proibição do esporte em unidades de conservação ou locais protegidos por lei. A organização lembra ainda que os veículos utilizados na unidade de conservação, como motos ou jipes, podem ser apreendidos por serem instrumentos de dano ambiental.

Monumento natural

O Monumento Natural Serra da Calçada, que integra a Área de Proteção Ambiental Sul da Região Metropolitana de Belo Horizonte (APA Sul RMBH), é uma unidade de conservação ambiental, criada pelo Decreto Municipal no 5.320, de 5 de junho de 2013, de Nova Lima. A Serra da Calçada, patrimônio cultural do estado de Minas Gerais, é de extrema importância para a biodiversidade. Sua rara cobertura vegetal é formada por uma significativa área de campo rupestre ferruginoso, que ocorre apenas em locais revestidos por cangas e em altitude elevada.

http://www.amda.org.br/?string=interna-noticia&cod=7260

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.