VOLTAR

Traduziu o negro em arte

A Crítica, Cidades, p. C7
17 de mai de 2020

Traduziu o negro em arte
Calmo e generoso, o pintor Feliciano Pimentel Lana levou as cenas do noroeste amazônico para todo o mundo

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.