VOLTAR

Tocantins recebe reunião extraordinária do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera do Cerrado

Governo do Estado do Tocantins - https://secom.to.gov.br
Autor: Camila Mityel
20 de nov de 2018

Tocantins recebe reunião extraordinária do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera do Cerrado
20/11/2018

Camila Mitye/Governo do Tocantins

O Conselho Nacional da Reserva da Biosfera do Cerrado (CNRBC) se reúne de forma extraordinária nesta quarta-feira, 21, em Palmas, na Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), às 14 horas. É a primeira vez que o conselho se reúne no Tocantins, a convite do titular da Semarh, Leonardo Cintra.

Na ocasião, devem ser eleitos o presidente, o vice-presidente e a secretária-executiva do conselho. Além disso, também estão previstas deliberações sobre o regimento interno do órgão, a elaboração de um Plano de Comunicação para a RBC e do calendário de ações para 2019.

Participam da reunião representantes de onze instituições dos estados de Goiás, Tocantins, Distrito Federal, Bahia e Paraná, os dois últimos como convidados.

O Conselho Nacional da Reserva da Biosfera do Cerrado foi estruturado em 2018, 25 anos após a criação da RBC, para ajudar na preservação da biodiversidade e no desenvolvimento sustentável. Formado por representantes de órgãos governamentais, instituições de pesquisa e da sociedade civil organizada, o conselho é responsável por aprovar e coordenar a estrutura do sistema de gestão da reserva, bem como por elaborar os planos de ação e propor projetos estratégicos para a consolidação da área delimitada.

O CNRBC é composto por 23 representantes, entre titulares e suplentes, do Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Piauí e Tocantins.

https://secom.to.gov.br/noticias/tocantins-recebe-reuniao-extraordinari…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.