VOLTAR

Tentativa de suspender pedágio

CB, Brasil, p. 15
13 de out de 2006

Tentativa de suspender pedágio

A comissão indígena que estava em Brasília negociando mais verba para as ações da Fundação Nacional do índio (Funai) em Rondônia retornou ontem para Porto Velho. Eles pediam R$ 1,6 milhão para a administração da Funai em Porto Velho, responsável por 3 mil índios que ocupam parte de Rondônia e do sul do Amazonas. Aurélio Tenharim, um dos sete caciques que integrava o grupo, está a caminho do quilômetro 145 da rodovia BR-320 (Transamazônica) para tentar suspender a cobrança de pedágio que há dois dias vem sendo realizada pelos cerca de mil moradores da terra indígena Tenharim do Marmelo. Entre os dias 2 e 10 de outubro, a Transamazônica esteve bloqueada pelos índios na altura desse trecho. Quando liberaram o trânsito, os manifestantes passaram a cobrar pedágio dos motoristas: R$ 60 para caminhões, R$ 20 para carros e caminhonetes e R$ 10 para motos.

CB, 13/10/2006, Brasil, p. 15

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.