VOLTAR

Tembé temem nova chacina

O Liberal
03 de set de 1993

Em nota divulgada, lideranças Tembé, da reserva do Alto Rio Gumá, alertaram para a iminência de uma tragédia, semelhante àquela ocorrida com os Ianomami, em Roraima. Isto porque eles cansaram de esperar por medidas do governo para solucionar o problema das invasões às suas terras, e, nesse caso, creem que agir por conta própria seja a única forma. Segundo levantamento, são mais de 3.000 famílias de posseiros vivendo na reserva atualmente. Na nota, criticaram também o governo do Pará, rebatendo a afirmação do governador Jader Barbalho referente à extensão da reserva, e fizeram um apelo para que se evite derramamento de sangue.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.