VOLTAR

Técnicos do Incra viram reféns dos índios terenas de Mato Grosso

O Estado de São Paulo (São Paulo-SP)
Autor: Nelson Francisco e Doca Oliveira
29 de jul de 2001

Quatro técnicos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul foram detidos como reféns pelos Terena que estão acampados próximos a Rondonópolis (MT). Os funcionários foram presos quando os índios sem-terra interditavam a BR-163. As 300 famílias indígenas querem a desapropriação da Fazenda Mirandópolis para a criação de uma reserva indígena e só devem liberar os técnicos caso a direção do Incra, em Brasília, se comprometa em assentá-los nos próximos dias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.