VOLTAR

Tapajós nasce na serra que receberá lixo atômico

Jornal do Brasil, Rio de Janeiro - RJ
Autor: Antonio José
10 de out de 1987

A Serra do Cachimbo, escolhida para servir como lixeira atômica do país, tem 640 metros de altitude e é coberta por densa floresta. É lá que alguns dos mais importantes rios da região têm suas nascentes, como é o caso do Tapajós. O geólogo Taylor Collier, que ficou de 1975 a 1979 na região fazendo pesquisas científicas, explica que a Serra do Cachimbo não tem as condições ideais para abrigar uma lixeira atômica e que se o governo aprovar o projeto, a situação será irreversível, e que esta é a opinião de todos os geólogos da Amazônia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.