VOLTAR

Sumidouro protege mata atlântica no PR

Folha de São Paulo
Autor: Mariana Viveiros
01 de abr de 2001

Preservar a biodiversidade de 6000 hectares de mata atlântica e buscar alternativas sustentáveis para sobrevivência da comunidade da região. Essa é a idéia de uma ONG que quer transformar a APA de Guarequeçaba em local de sequestro de carbono. Os planos incluem o plantio de espécies nativas da mata atlântica e a regeneração de parte da floresta degradada.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.