VOLTAR

SP vai ganhar parque maior que Ibirapuera

OESP, Cidades, p.C5
03 de nov de 2005

SP vai ganhar parque maior que Ibirapuera
Área de mata atlântica fica às margens do Rodoanel; decreto sai ainda este mês
Os moradores da Grande São Paulo vão ganhar um megaparque com 1,5 milhão de metros quadrados, numa área que fica na divisa de cinco municípios. O decreto para a transformação da área verde, que inclui remanescentes de mata atlântica, deve ser assinado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) até o fim deste mês.
O terreno entre São Paulo, Embu, Cotia, Taboão da Serra e Osasco pertence à Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) desde 2001 e chegou a ser cedido à Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp) para a construção de uma central de abastecimento, que previa até a instalação de uma central nos moldes da Ceagesp. Mas o Ministério Público entrou em ação e conseguiu barrar na Justiça, em 2002, a fragmentação do terreno, que agora vai virar parque estadual.
OLARIAS
O trecho de mata atlântica secundária – o verde havia sido destruído por olarias e plantações, mas se refez e agora está em estágio avançado de recuperação – integrava a antiga Fazenda Tizo e fica às margens do Rodoanel, na altura do km 26, entre as Rodovias Raposo Tavares e Régis Bittencourt.
O parque que será aberto na antiga fazenda tem 400 mil metros quadrados a mais que o Parque do Ibirapuera, na zona sul da capital. Foram quatro anos de luta”, disse o biólogo Renê Costa, que participou da campanha pela preservação da mata e criação do parque. Agora existe um compromisso público e não há como voltar atrás.”

OESP, 03/11/2005, p. C5

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.