VOLTAR

Sociedade civil e academia debatem estratégias do Plano Estadual Amazônia Agora

Agência Pará - https://agenciapara.com.br/noticia
09 de nov de 2020

Sociedade civil e academia debatem estratégias do Plano Estadual Amazônia Agora
O webnário reunirá representantes dos segmentos sociais considerados fundamentais ao processo de consolidação do PEAA

Por Anna Paula Mello (SEMAS)

Na próxima quarta-feira (11), representantes da sociedade civil e da área acadêmica paraense farão o primeiro, de uma série de cinco debates virtuais, para tratar sobre o Plano Estadual Amazônia Agora (PEAA), a macroestratégia do Governo do Pará que visa promover o desenvolvimento sustentável no campo. O objetivo é ampliar o diálogo sobre o tema com os segmentos sociais considerados fundamentais ao processo. O governo do Estado será representado nos eventos pelo secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro O'de Almeida, que participará como palestrante.

O painel de palestras do primeiro webnário também contará com a participação de Socorro Almeida, diretora de Unidades de Conservação do Ideflor-Bio (Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará); Elis Araújo, advogada do Programa Xingu, do Instituto Socioambiental, e José Heder Benatti, professor do Instituto de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Pará (UFPA). O debate será mediado pela pesquisadora Brenda Brito, do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), tendo como debatedores o jornalista Fabiano Vilela, repórter da Rede Globo em Belém, e Manuel Amaral, coordenador executivo do Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB).

"O Estado do Pará sempre aparece liderando as estatísticas do desmatamento, por isso são tão importantes as iniciativas do governo, com o PEAA, mas também as iniciativas da sociedade civil e da academia paraense, pra discutir o Plano, entender as estratégias e apresentar as nossas opiniões", disse Brenda Brito.

Construção plural - O webnário começará às 16 , abordando temas que serão discutidos a partir de vários aspectos do PEAA, como inovações, lacunas, mecanismos de governança, transparência, metas e matriz operacional. A transmissão será pelo canal do Youtube e pela página do Imazon no Facebook. "Desde o início da formulação do PEAA, o Estado primou pela construção plural das estratégias, dialogando com os produtores rurais, comunidades tradicionais e setores do agronegócio. Agora vamos ampliar essa conversa com a comunidade acadêmica e a sociedade civil. Debates como esse são fundamentais para alinhar estratégias e conquistar resultados, como a redução de 63% do desmatamento em áreas estaduais em agosto deste ano, em comparação ao ano anterior", ressaltou o secretário Mauro O'de Almeida.

O Plano Estadual Amazônia Agora reúne quatro eixos de ação, que agregam diferentes abordagens sobre o cuidado com o meio ambiente e a potencialização da economia rural no Pará: Comando e Controle (repressão aos crimes ambientais), Regulariza Pará (regularização fundiária e ambiental), Territórios Sustentáveis (incentivo técnico e fomento aos produtores rurais, aliado à regularização documental e acesso a novos mercados) e Fundo Amazônia Oriental (captação de recursos para os projetos do plano de governo).

https://agenciapara.com.br/noticia/23310/

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.