VOLTAR

Só a esperança anima os índios do Nordeste

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
09 de mar de 1972

Dizimados, os índios Xokó lutam pela recuperação das terras de onde foram expulsos em 1862. A preferência pelo isolamento é uma das características do grupo. O cacique Otávio afirma, com raiva, que as perdas sofridas abrangem do território ao idioma. Com poucos hectares de terra, a principal fonte de renda do grupo são alguns trabalhos de biscate e a venda de potes de barro fabricados pelas mulheres. A saúde dos índios do nordeste também é comprometida e o desejo por um lugar para realizar suas danças é manifestado pelo grupo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.