VOLTAR

Sertanista é vítima de atentado no Acre

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
13 de set de 1991

O sertanista Antônio Macedo, do Conselho Nacional dos Seringueiros (CNS), sofreu no domingo um atentado no Alto Juruá, fronteira com o Peru. Segundo o delegado da Polícia Federal em Rio Branco, o atentado pode estar ligado às denúncias feitas à Procuradoria Geral da República pelo indígena campa Moisés Pianco. Segundo ele, a propriedade seringalista seria rota de entrada de cocaína no Brasil, além de servir de exportação ilegal de madeiras. Também existem denúncias de trabalho escravo com os seringueiros da região.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.