VOLTAR

Sertanista busca em vão grupo guajá

Jornal do Brasil (RJ)
30 de nov de 1979

Três tapiris abandonados, rastros, galhos quebrados e penas de flechas são fortes indícios de que, na área de Porto Franco, existem apenas três índios Guajá, ou então o restante do grupo de 20 Guajá teria morrido ou desaparecido.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.