VOLTAR

Serra dos Órgãos celebra 80 anos de criação

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
Autor: Comunicação ICMBio
13 de dez de 2019

Serra dos Órgãos celebra 80 anos de criação

Aniversário contou com encontro que discutiu a educação ambiental e a pesquisa, além de atividades culturais.

Localizado no Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos comemorou, no dia 30 de novembro, 80 anos de criação. Para marcar a data do aniversário do terceiro Parque mais antigo do Brasil, foi realizado o encontro "80 Anos de Conservação e Participação Social no Parque: Passado, Presente e Futuro".

No evento, foram apresentadas pesquisas sobre a unidade de conservação, que abriga mais de 2.800 espécies de plantas catalogadas, 462 espécies de aves, além de mamíferos, anfíbios e répteis. As políticas públicas de conservação e de gestão de bacias hidrográficas e águas subterrâneas também entraram na pauta dos assuntos debatidos. Os desafios da gestão do turismo de aventura igualmente foram objeto de intensas reflexões e trocas entre usuários e gestores. Os participantes debateram ainda as iniciativas de restauração florestal e a necessidade de retomada do Mosaico Central Fluminense como elemento integrador e fortalecedor das Unidades de Conservação da região.

O evento foi promovido em parceria com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piabanha, o Instituto de Biologia da UFRJ, o Departamento de Turismo da UERJ e a Associação de Amigos e Colaboradores do Parque, e ainda contou com o apoio de uma rede ampla de instituições conselheiras e atores sociais participantes do Mosaico de Unidades de Conservação da Mata Atlântica Central Fluminense. O Encontro reuniu gestores públicos, pesquisadores, educadores, estudantes e lideranças comunitárias e ambientalistas da região.

http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/10748-serra-d…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.