VOLTAR

Senador e deputada Dorinha pleiteiam junto ao ministro do Esporte a construção de complexos esportivos em aldeias tocantinenses

Conexão Tocantins - http://conexaoto.com.br
18 de set de 2013

Em audiência no Ministério do Esporte, realizada nesta última terça-feira, 17, o senador Vicentinho Alves (PR/TO) e a deputada federal Dorinha Seabra Rezende (DEM/TO), acompanhados do coordenador regional da Funai no Tocantins, Cleso Moraes, pleitearam junto ao ministro Aldo Rebelo a liberação de recursos para a Implantação de Obras de Infraestrutura Esportiva - Construção de Centro Poliesportivo, composto de Campo de Futebol, Quadra Poliesportiva e Raia Olímpica, em aldeias indígenas do Tocantins.

No último dia 07 de setembro, ao participarem como convidados de festa esportiva realizada pelos índios da Ilha do Bananal, o senador Vicentinho Alves e a deputada Dorinha Seabra receberam reivindicações de lideranças indígenas para combater, através de investimentos em esportes, os índices negativos de consumo de álcool e drogas nas aldeias, além dos suicídios que têm se tornado frequentes entre os jovens indígenas.

"Nós ouvimos atentamente e nos comprometemos com nossos índios a buscar alternativas eficazes para inserir os jovens na prática de esportes oportunizando infraestrutura adequada nas aldeias. O projeto que apresentamos ao ministro é uma forma de combater os caminhos do ócio que estão levando nossos jovens índios a buscar as drogas, ao invés do esporte e dos estudos", afirma Vicentinho.

O pleito do senador Vicentinho Alves e da deputada federal Dorinha Seabra contempla com a construção dos centros poliesportivos, as seguintes aldeias:

ALDEIA ETNIA       MUNICÍPIO

Barreira Branca Javaé Sandolândia - TO

Canoanã Javaé Formoso do Araguaia - TO

Santa Isabel do Morro Karajá Lagoa da Confusão - TO

Macaúba Karajá Lagoa da Confusão - TO

Warylitan Karajá-Xambioá Santa Fé do Araguaia - TO

Mariazinha Apinajé Tocantinópolis - TO

São José Apinajé Tocantinópolis - TO

Manoel Alves Krahô Goiatins - TO

Santa Cruz Krahô Itacajá - TO

Cemix / Centro de Ensino Médio Xerente-Wãrã Tocantínia - TO

Salto Kripre Xerente Tocantínia -TO

Porteira Xerente Tocantínia - TO

Funil Xerente Tocantínia - TO

O ministro Aldo Rebelo se comprometeu a avaliar a melhor forma de atender as demandas apresentadas pelo senador, deputada e comitiva. O ministro informou que a pasta estudará se convênio será celebrado diretamente com as prefeituras, com a FUNAI ou com o Comando do Exército.

Segundo Dorinha, além do esporte, o projeto tem o objetivo de fortalecer também a cultura e os costumes indígenas. "Queremos garantir a qualidade de vida e de esperança para os jovens e felizmente o ministro sinalizou o interesse em atender a demanda", disse.

O objetivo maior, de acordo com a deputada, é que com a infraestrutura e material esportivo possa dar início a um projeto estruturado em todas as etnias do Tocantins, beneficiando não só com o futebol, mas diversas modalidades esportivas, e buscar recuperar os jogos tradicionais, o que é muito importante preservar a cultura indígena. "Queremos ofertar aos jovens indígenas recreação, lazer, prática de esporte e também é uma forma de combater o alcoolismo, uso de drogas e o suicídio, índices que vem aumentando nos últimos anos", disse. Segundo os representantes indígenas, vem crescendo o número de suicídio dentro das comunidades. Nos meses de maio e junho foram registrados dois suicídios de jovens de 14 e 17 anos, respectivamente, em uma tribo Javaé, na região de Formoso do Araguaia.

O ministro Aldo Rebelo afirmou que há o interesse da pasta em atender a demanda, principalmente como forma de colaborar no fortalecimento da cultura indígena e de combate às drogas, o alcoolismo e suicídio dentro das comunidades. Rebelo solicitou dados como o número de aldeias e a população a ser atendida no projeto inicial. "Vamos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para atender e transformar o esporte numa prática de educação e prevenção dentro dessas comunidades", afirmou.

Cursos profissionalizantes

Dorinha informou que vai buscar a extensão do Pronatec para oferecer cursos profissionalizantes aos jovens das comunidades indígenas. "A ideia é que possam ser oferecidos cursos profissionalizantes, mas de acordo com a cultura indígena e preparar o jovem para que ele tenha uma perspectiva de futuro".

Participantes da Audência

Participaram, também, da audiência no ministério, o coordenador da Regional Araguaia Tocantins - Funai, Cleso Fernandes de Moraes; o prefeito e o vice-prefeito de Formoso do Araguaia, Wagner da Gráfica e Edvaldo Bonanza, além de lideranças indígenas de cinco etnias do Tocantins - o líder Ribamar Xerente, o cacique da aldeia Santa Izabel, Iuraru Karajá; o líder Idjauala Karajá, Tehábi Javaé, cacique da aldeia Canoanã; o presidente da Associação da Comunidade Indígena da Aldeia Canoana (ACIAC), Robson Javaé; e os líderes estudantis indígenas Avanilson Karajá, presidente da União os Estudantes do Estado do Tocantins (UNEIT); o estudante Wandelson Apinajé; e o professor e Diretor da Escola 19 de Abril (aldeia Manoel Alves), Renato Khahô.

http://conexaoto.com.br/2013/09/18/senador-e-deputada-dorinha-pleiteiam…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.