VOLTAR

Seind apoia comissão que irá criar nova organização indígena em Manaus

Seind - http://portaldaseind.blogspot.com/
16 de Dez de 2011

Dentro da política de etnodesenvolvimento do Governo do Amazonas, por meio do eixo de ação destinado ao fortalecimento das organizações, a Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (Seind) vai apoiar a criação de uma nova organização em Manaus, que servirá de referência para a luta do movimento indígena em todo o Estado do Amazonas. A decisão foi anunciada esta semana pelo titular do órgão, Bonifácio José Baniwa, durante o Encontro das Organizações Indígenas do Estado do Amazonas, realizada nesta quinta-feira (15), no Centro Amazônico de Formação Indígena (Cafi).

Quatorze lideranças participaram do evento idealizado pela Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), com apoio da Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (Seind), e elegeram Fidélis Baniwa para coordenar a comissão que irá trabalhar para que a nova entidade seja criada.

A comissão será organizada em meio a uma interlocução dela com a Coiab e a Seind. O apoio foi anunciado pelo próprio secretário Bonifácio José Baniwa, antes mesmo de o pedido ser formalizado junto à secretaria. "Quero parabenizar a todos por essa iniciativa e a Seind se coloca à disposição para apoiar", afirmou.

Conhecido dos amazonenses, principalmente após a participação na minissérie Mad Maria (produção da Rede Globo de 2005), Fidélis foi eleito com 12 votos e tem como vice, Aldamir Sateré, que teve dez votos. Aldamir informou que, apesar de morar em Parintins, vai manter um contato permanente com os outros integrantes da comissão.

Todo o material do que foi discutido ficou de ser repassado para as organizações que participaram do evento, que contou ainda com as presenças de lideranças como o presidente do presidente da União dos Povos Indígenas de Manaus (Upim), Isael Munduruku; do coordenador da Coiab, Marcos Apurinã; do coordenador geral da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), Jader Marubo; Adir Tikuna e Jecinaldo Barbosa Sateré.

Sob o olhar de uma visão empreendedora, o objetivo dos indígenas é manter a autonomia das organizações, o respeito à diversidade étnica e assegurar os direitos dessas populações, garantidos pela Constituição Federal.

"Pedimos que as bases ajudem esse novo pessoal, esta nova comissão. É vestir a camisa e fazer acontecer", disse Marcos Apurinã.

Experiência

Fidéllis informou que vai colocar em prática todo o conhecimento que adquiriu durante a atuação dele no Movimento Indígena.

A comissão deverá trabalhar na própria sede do Cafi, na Avenida Ayrão, bairro Presidente Vargas, Zona Sul de Manaus.

http://portaldaseind.blogspot.com/2011/12/seind-apoia-comissao-que-ira-…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.