VOLTAR

Secretaria amplia estrutura de atendimento no DSEI Alagoas-Sergipe

Sesai - http://portal.saude.gov.br/
18 de fev de 2011

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) trabalha na conclusão de cinco obras para ampliar o atendimento a população indígena do Distrito Especial Sanitário Indígena (DSEI) Alagoas-Sergipe.
Para o Secretário Especial de Saúde Indígena, Antônio Alves de Souza, as obras são importantes para oferecer um atendimento melhor aos indígenas e também melhores condições de trabalho para os profissionais da saúde indígena. "É importante que o atendimento seja feito em locais adequados. Essas obras fazem parte da reestruturação da saúde indígena no país".

Segundo o chefe do DSEI, Ronaldo Francisco Pereira da Silva, está previsto para março a entrega de dois pólos-base e um posto de saúde, que beneficiaram 1.800 indígenas que vivem nos municípios de Inhapi, Água Branca e São Sebastião, no estado de Alagoas. "As obras são importantes porque teremos uma construção própria do DSEI, adequada para ser um local onde se trata a saúde das pessoas". Ronaldo explica que atualmente o Distrito utiliza imóveis alugados para o atendimento. "Por mais que sejam feitas as adaptações, eles não são ideais. Isso será resolvido com os imóveis próprios".

Em Porto Real do Colégio (AL), na aldeia Kariri-Xokó, a obra é a construção de um pólo-base avançado. O pólo servirá como referência para a região e atenderá quatro mil indígenas das etnias Kariri-Xokó, Karapotó, Aconã e Tingui-Botó. Em Feira Grande (AL), cidade da aldeia dos Tingui-Botó, a Sesai também realiza a reforma e ampliação do pólo-base existente, buscando dar melhores condições de trabalho para os profissionais da saúde indígena que atual no local. No total, serão investidos mais de R$ 2 milhões nas cinco obras.

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/Gestor/area.cfm?id_area=1708

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.