VOLTAR

Scherer condena ação do Cimi e Iasi elogia Funai

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
15 de mar de 1977

Ao mesmo tempo em que o secretário geral do Cimi, padre Antônio Iasi Júnior, elogiou a Funai pelo nomeação do sertanista Gerson Silva para o cargo de de direção do Departamento Geral de Operações, o arcebispo de Porto Alegre, Vicente Scherer, foi duro nas críticas ao Conselho. O arcebispo criticou, principalmente, o caráter "polêmico" do Conselho, ao levantar constantemente acusações levianas, infundadas e irresponsáveis. Além disso, o missionário Egon Heck criticou a Funai pelo mal uso dos recursos financeiros, gastos em sua política de "aumentos salariais" de seus funcionários à revelia dos povos indígenas; e pelo péssimo estado das terras indígenas dos Guarani, Kaingang e Xokleng, que se encontram dispersos pelas zonas rurais, trabalhando como peões ou boia-frias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.