VOLTAR

Sao Bernardo consegue US$ 200 milhões para areas de manancial

GM, Rede Gazeta do Brasil, p.B13
15 de mar de 2004

São Bernardo consegue US$ 200 milhões para áreas de manancial
Depois de várias consultas e negociações, a prefeitura de São Bernardo firmou convênio com o governo japonês para obter US$ 200 milhões para implementar um projeto de recuperação das áreas de mananciais, em especial da represa Billings e outras áreas da Serra do Mar. Em tempos de escassez dos recursos naturais e de absoluta urgência na questão do meio ambiente, o programa "Billings Mais Vida" está se transformando em um dos maiores programas de despoluição de uma bacia hidrográfica já feito no Brasil. A solenidade de assinatura do convênio foi bastante concorrida, com as as presenças do prefeito William Dib (PSB), o coordenador da ABC (Agência Brasileira de Cooperação) - órgão ligado ao Ministério das Relações Exteriores -, José Antonio Pires e o cônsul-geral do Japão em São Paulo, Hitoshiro Ishida. Por meio de uma cooperação técnica estabelecida entre especialistas do Japão e do município será desenvolvido o projeto integrado de melhoria do ambiente urbano da região de proteção aos mananciais hídricos de São Bernardo do Campo e de toda a região do ABC. Trata-se do "Projeto Ecológico Brasil mais Vida", uma proposta de recuperação ambiental para a região da Billings que deverá ser concluída em até sete anos, nesse período o município viabilizará junto ao Japan Bank for International Cooperation (JBIC) um financiamento de US$ 200 milhões. A prioridade do governo japonês era investir em programas voltados à preservação da água. Durante a solenidade, o secretário de Projetos Especiais, Eurico Leite, disse que o projeto comprova a capacidade de investimento, endividamento e técnica para tocar um projeto de tamanha envergadura, que deverá servir de exemplo para outras cidades e estados. Eurico foi mais longe. "Mais importante que o dinheiro, São Bernardo está recebendo a tecnologia e conhecimento, informação de muitos anos de um povo, além da verba de US$ 1,5 milhão que será importante nesse projeto", destacou Leite. Meio ambiente A cooperação técnica garantirá a prefeitura de São Bernardo condições de prosseguir com os estudos de viabilidade técnica-econômica para desenvolver e implantar projetos que trarão melhoria para a qualidade do meio ambiente, garantindo preservação e aumento do fornecimento da água e consequentemente para a qualidade de vida das pessoas que vivem nestas regiões. A exemplo do que foi feito na Estação de Tratamento de Esgoto do Pinheirinho, a intenção da administração é manter as pessoas em suas moradias com a garantia de uma vida melhor e mais saudável. O projeto do Pinheirinho já é considerado modelo na Grande São Paulo, já que contou com a participação efetiva da comunidade nas obras e nas decisões sobre o projeto em si. kicker: Convênio foi firmado com o Japan Bank for International Cooperation
GM, 15/03/2004, p. B13

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.