VOLTAR

Rússia diz que não ratificará protocolo

JB, Internacional, p. 6
05 de dez de 2003

Rússia diz que não ratificará protocolo
Putin opta por avanço econômico

Depois de várias declarações contraditórias, a Rússia deixou claro ontem que não está preparada para ratificar o Protocolo de Kioto, lançado em 1997, em sua forma atual.
Um porta-voz do presidente Vladimir Putin afirmou que Moscou não pode assinar o protocolo internacional para combater o aquecimento da Terra ''em seu estado atual porque prevê limitações que criarão sérios obstáculos ao crescimento do país, e contradiz os interesses nacionais''.
O porta-voz acrescentou que Moscou não rejeita o acordo - que precisa da aprovação da Rússia para ganhar força mundial - mas que é necessário continuar dialogando.
- Esperamos que algumas das demandas feitas pela Rússia sejam aceitas e o protocolo modificado.
Entretanto, o porta-voz do governo russo não estipulou uma data para o término das negociações.
O esclarecimento da posição russa veio três dias depois de contraditórias declarações feitas por oficiais do Kremlin.
Enquanto isso, ambientalistas afirmam que não há dúvidas de que o aquecimento global está alterando a composição da atmosfera e que a emissão de gases poluentes interferem diretamente no clima da Terra.

JB, 05/12/2003, Internacional, p. 6

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.