VOLTAR

Reservas extrativistas de cinco estados vão receber recursos para infraestrutura

Radioagência Nacional - http://radioagencianacional.ebc.com.br/
Autor: Renata Martins
08 de set de 2018

Reservas extrativistas de cinco estados vão receber recursos para infraestrutura
08/09/2018 - 08h33

Renata Martins

O governo federal anunciou investimento de R$ 162 milhões para a captação de água e saneamento em reservas extrativistas do Acre, Amapá, Amazonas, Pará e Rondônia.

Vinte e três comunidades que vivem em RESEXs, reservas extrativistas destes cinco estados serão beneficiadas. São cerca de 6 mil e 600 famílias, em situação de vulnerabilidade, inscritas no programa bolsa família.

A maior parte do recurso será aplicada pelo Fundo Amazônia, gerido pelo BNDES. 146 milhões de reais serão para a implantação de cisternas para captação de água da chuva e instalação sanitária com pia, vaso e fossa séptica.

A outra fonte de recurso, 15 milhões virá do MDS - Ministério Desenvolvimento Social, que vai garantir dois mil e quatrocentos reais para cada família, para investimento na produção rural.

O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, afirmou que a iniciativa é inédita e ressaltou a contradição que é a dificuldade que os povos da Amazônia têm para acesso à água potável.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, mais de 400 mil famílias que vivem na área rural da Amazônia em situação de vulnerabilidade não tem acesso a fonte de água para consumo humano de forma contínua.

O edital com as informações sobre a seleção das entidades será publicado no Diário Oficial da próxima segunda-feira. O resultado deve ser divulgado em novembro.

http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2018-09/reservas-ext…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.