VOLTAR

Projeto Cantos da Terra faz o acompanhamento escolar de alunos

Boa Vista Agora - http://www.boavistaagora.com/
25 de mai de 2010

A Prefeitura de Boa Vista realiza nesta semana reuniões com os pais das crianças participantes do projeto Cantos da Terra. O primeiro encontro acontece nesta quarta-feira (26), das 7h30 às 13h30, na comunidade indígena Campo Alegre.

A próxima reunião será realizada na sexta-feira (28), das 7h30 às 13h30, na comunidade Vista Alegre. A intenção é verificar a freqüência escolar dos alunos e ouvir a opinião dos pais e responsáveis sobre o projeto.

O Cantos da Terra foi criado pela Prefeitura para preservar a cultura indígena por meio da música. Adriana Cruz, coordenadora do projeto, diz que o relacionamento com os pais fortalece o trabalho, além de promover melhoras, pois na maioria das vezes os pais opinam sobre as atividades.

"Estamos também buscando esse envolvimento para que os pais apóiem ainda mais os filhos no Cantos da Terra, pois neste ano vamos aumentar o número de músicas ensaiadas e ampliar as nossas atividades", afirma a coordenadora.

Adriana fala ainda que na próxima semana começam os ensaios dos hinos de Boa Vista e Nacional, que foram traduzidos para o macuxi e que serão apresentados durante a Semana do Município.

Pelo projeto Cantos da Terra são atendidos moradores das comunidades Vista Alegre e Campo Alegre. Os ensaios são realizados três vezes por semana nas próprias comunidades, sempre das 7h30 às 12h.

Às segundas-feiras os ensaios acontecem para os integrantes da Serra da Moça e Truaru e às quartas e sextas-feiras para as comunidades Serra da Moça, Truaru da Cabeceira, Campo Alegre e Vista Alegre.

O Cantos da Terra foi implantado pela Prefeitura para incentivar a preservação e o resgate cultural das comunidades indígenas. A previsão para 2010 é que também sejam introduzidas músicas em wapixana. A meta é implantar um coral em cada uma das 15 comunidades atendidas pela Prefeitura.

O coral Cantos da Terra é formado por 150 pessoas com idade entre 10 e 18 anos, sendo 70 de Vista Alegre, 40 de Campo Alegre e 40 de Truaru e Serra da Moça. Os coralistas têm aulas com cinco músicos, sendo dois violonistas, um regente, um pianista e um flautista.

Além das técnicas musicais, os participantes aprendem a cantar em sua língua materna, o macuxi. O objetivo do projeto é desenvolver novas habilidades entre as crianças e jovens, promovendo o resgate da cultura e o uso da língua materna.

http://www.boavistaagora.com/index.php/primeira-pagina/cultura-a-educac…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.